Semáforos de BH exibem pontos turísticos

Sinal de pedestre reproduz fachada da Igreja São José, no Centro de Belo Horizonte: 15 templos estão incluídos no projeto (foto: Beto Novaes/EM/D.A.Press)

Você já deve ter se deparado com os vários semáforos de pedestres da capital mineira representando uma igreja, você conhece a empresa desenvolvedora desse sistema?

A EcoTRILHOS em parceria com a Fundação de Cultura de Belo Horizonte desenvolveu os semáforos com representações dos lugares turísticos em uma “Cidade revelada – Interpretação s Sinalização do Patrimônio Histórico”.

A ideia é chamar a atenção dos pedestres para os monumentos presentes em cada local. Como? Através da instalação de novas máscaras nos semáforos voltados aos pedestres. O funcionamento é normal: verde quando ele está aberto, vermelho quando está fechado. A diferença é que, no lugar dos bonequinhos parado e andando, a região Centro-Sul e a da Pampulha ganharam desenhos referentes aos pontos turísticos que devem ser observados por ali. 

Novos sinais de preservação do patrimônio de Belo Horizonte. A fachada de igrejas católicas e evangélicas, no perímetro da Avenida do Contorno, está agora reproduzida nos semáforos de pedestres. Segundo o presidente da Fundação Municipal de Cultura (FMC), Leônidas Oliveira, trata-se da segunda etapa do projeto Cidade Revelada – Interpretação e Sinalização do Patrimônio Histórico, iniciativa em parceria com a Belotur e BHTrans. A primeira fase do trabalho contemplou prédios históricos e monumentos e, nesta etapa, valoriza 160 equipamentos no entorno de 15 templos. “A sinalização substitui os bonequinhos e funcionará exatamente como as tradicionais, indicando os tempos verde e vermelho para a travessia dos pedestres”, informa. (fonte: http://www.em.com.br/)

As novas máscaras nos semáforos, com a fachada das igrejas, ficarão no entorno dos seguintes templos: Segunda Igreja Presbiteriana de BH, Igreja de São José, Igreja Metodista do Brasil, Igreja Ortodoxa São Jorge, Primeira Igreja Batista de BH, Capela de Nossa Senhora do Rosário, Igreja do Sagrado Coração de Jesus, Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, Primeira Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte, Capela do Instituto Metodista Izabela Hendrix, Igreja de Santa Efigênia, Igreja de Nossa Senhora de Fátima, Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Correia, Igreja de Nossa Senhora das Dores e Capela da Igreja de Nossa Senhora do Líbano. (fonte: http://www.em.com.br/)

 

É a EcoTRILHOS inserida na cultura e trazendo novidades e tecnologia para Belo Horizonte.

Sinalização ferroviária entra em operação em Montes Claros

Semáforo Avenida São JudasA VLI, empresa que controla a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), ampliou a sinalização da passagem de nível que fica perto do cruzamento das avenidas São Judas e Nossa Senha de Fátima, em Montes Claros. As melhorias englobam a instalação de semáforos ferroviários com mecanismos que emitem sinais sonoros e luminosos quando o trem se aproxima. Os equipamentos reforçam medidas já adotadas no local para promover a travessia segura sobre os trilhos.

 

Nesta semana, empregados da VLI estiveram na passagem de nível para orientar motoristas e pedestres sobre a nova sinalização. A equipe da empresa também distribuiu materiais educativos que esclarecem, por exemplo, que um trem carregado pode levar até um quilômetro para parar completamente após o acionamento dos freios de emergência. Por isso, ao notar a aproximação da composição férrea, motoristas e pedestres nunca devem se arriscar.

 

A passagem de nível já possuía placas como a Cruz de Santo André, que alerta a população sobre a circulação de trens. O artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que as composições férreas têm preferência de passagem sobre os demais veículos. A legislação também prevê que o condutor que não para antes de transpor os trilhos comete infração gravíssima e pode ser multado, além de perder sete pontos na carteira (artigo 212).

 

No mês passado, a VLI, em parceria com a MCTrans, instalou semáforos ferroviários na passagem de nível da avenida Geraldo Athayde. Além disso, ao longo do ano, a empresa promove campanhas de segurança com o intuito de ressaltar recomendações para a garantia de uma convivência harmônica entre comunidades e ferrovia. Confira algumas dicas repassadas:

 

– Respeite a sinalização do trem e não seja imprudente;

– Ao ouvir a buzina, fique atento: é sinal que o trem vai passar;

– Preste atenção no cruzamento da ferrovia com a rua: pare, olhe, escute;

– Não atravesse no meio do vagão e nem ande próximo aos trilhos;

– Não caminhe pelos trilhos do trem;

– Não brinque na linha férrea.

Sinalização ferroviária é implantada em Vianópolis

Semáforo Brumado posA VLI, empresa que controla a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), ampliou a sinalização ferroviária da passagem de nível localizada na rodovia GO330, no município de Vianópolis, em Goiás. As melhorias englobam a instalação de um semáforo ferroviário com mecanismos que emitem sinais sonoros e luminosos quando o trem se aproxima. Os equipamentos já estão em funcionamento com intuito de reforçar as medidas já adotadas no local para promover a travessia segura sobre os trilhos.

A nova sinalização busca alertar os condutores de veículos e pedestres, avisando-os sobre a passagem do trem. A instalação dos equipamentos reforça o compromisso da VLI em garantir a segurança de suas operações, como foco principal na redução do risco de acidentes nos cruzamentos em nível da ferrovia com rodovias, ruas e avenidas.

O cruzamento já possuía placas de sinalização como a Cruz de Santo André, além de outras placas que alertam motoristas sobre a circulação dos trens. O artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que as composições férreas têm preferência de passagem sobre os demais veículos. A legislação também prevê que o condutor que não para antes de transpor os trilhos comete infração gravíssima e pode ser multado, além de perder sete pontos na carteira (artigo 212).

Fonte: http://www.vli-logistica.com/pt-br/node/545

Sinalização ferroviária é implantada em Brumado

Semáforo Brumado posA Ecotrilhos entrega a VLI, empresa que controla a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), a sinalização ferroviária da passagem de nível localizada na Avenida Coronel Santos, no centro de Brumado. As melhorias englobam a instalação de um semáforo ferroviário com mecanismos que emitem sinais sonoros e luminosos quando o trem se aproxima. Os equipamentos já estão em funcionamento com intuito de reforçar as medidas adotadas no local para promover a travessia segura sobre os trilhos.

A nova sinalização busca alertar os condutores de veículos e pedestres, avisando-os sobre a passagem do trem. A instalação dos equipamentos reforça o compromisso da VLI em garantir a segurança de suas operações, como foco principal na redução do risco de acidentes nos cruzamentos em nível da ferrovia com ruas e avenidas.

O cruzamento já possuía placas de sinalização como a Cruz de Santo André, além de outras placas que alertam motoristas sobre a circulação dos trens. O artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que as composições férreas têm preferência de passagem sobre os demais veículos. A legislação também prevê que o condutor que não para antes de transpor os trilhos comete infração gravíssima e pode ser multado, além de perder sete pontos na carteira (artigo 212).

Ao longo do ano, a VLI promove campanhas de segurança com o intuito de ressaltar recomendações para a garantia de uma convivência harmônica entre comunidades e ferrovia. Confira algumas dicas repassadas:

– Respeite a sinalização do trem e não seja imprudente;

– Ao ouvir a buzina, fique atento: é sinal que o trem vai passar;

– Preste atenção no cruzamento da ferrovia com a rua: pare, olhe, escute;

– Não atravesse no meio do vagão e nem ande próximo aos trilhos;

– Não caminhe pelos trilhos do trem;

– Não brinque na linha férrea.